12 novembro, 2012

Poema nas entrelinhas

Não faça-me rir nem sorrir,
nem chorar.
Faça-me apenas cantar.

Faça-me sair do sonho
para ir de encontro...


Deixe deitar e venha sonhar...

Não deixe para depois,
pois a sina de nós dois...

Não é ilusão,
é amor,é paixão!
Não deixe pasar em vão.

                         Milena Luf

                                     Senti no ritmo tudo aquilo que um                dia pareceu-me infinito...                 ...