09 dezembro, 2012

Poesia da madrugada...

Quando os escuros do mundo

confundirem-se com as águas 

do absurdo e a sinfonia  da vida

guardar o dia,

é hora de dar-se conta que nem tudo 

é um faz de conta...
                                     Milena Luf

                                     Senti no ritmo tudo aquilo que um                dia pareceu-me infinito...                 ...