28 fevereiro, 2013

Versinho de amor

Não sei se devo ou me atrevo 
a planejar amar ou continuar 
a buscar.
Não sei nem ao menos se choro 
ou imploro.
Não sei se contenho minha energia
ou se grito de alegria.
Nada é comparável,porém
amável e até contestável.
Nem a lua,nem as estrelas
contém todo amor que nos convém.
                                   Milena Luf

Poesia do entulho

És minha sina ou és minha vida?
És minha razão ou fugiu pelo portão?
És meu estado incerto ou está tudo amarelo?
Será que é a ida ou é benvinda?
Será medo ou desespero?
Será arte ou bacamarte?
Será tudo nulo ou um monte de entulho?
                                   Milena Luf

                                     Senti no ritmo tudo aquilo que um                dia pareceu-me infinito...                 ...