04 maio, 2013

Pedras e Relvas

Tantas coisas deveria evitar
 apenas para acalmar...

Talvez um verso,
talvez um poema,
sei lá...

Tantas idas e vindas
e às vezes até coloridas
para um só toque a fim 
de tornar-se um mote...

Vidas corridas em 
velhas cortinas.

Será que o amor está nos 
braços de um condor?

Será que as pedras serão
como revas a dominar o amor?

Será que estas relvas serão como 
pedras a nos salvar da escuridão?

                   Milena Luf



                                     Senti no ritmo tudo aquilo que um                dia pareceu-me infinito...                 ...